30 jun

Investir em Máquina de Chinelo Está Sendo um Bom Negócio

Embora enfrentamos uma grande crise no nosso país, ainda sim, existem inúmeras oportunidades de faturar e principalmente com baixo custo.

Veja esse caso em São Paulo, um casal resolveu montar uma pequena fábrica de chinelos na sua própria casa.

Eles investiram cerca de 2 mil reais na aquisição da máquina de fazer chinelo e de todo o aprendizado para ingressarem no ramo.

Vocês vão ver agora o que está fazendo esse casal, que atualmente já fatura mais de 10 mil reais por mês.

O primeiro passo é você perseverar e acreditar que o negócio vai dar certo, pois como diz o meu amigo Edson Burger “Se você acredita que vai dar certo, não garante que vai dar certo, mas se você acredita que vai dar errado é garantido que tudo dará errado”.

Outro fator bem interessante, é que você não precisa ter experiência, pode ser um jovem, ou mais velho, homem, mulher, isso é o que menos importa.

como fazer chinelos decorados

Basta uma só pessoa para operar o equipamento, precisa colocar em cima da placa a faca de corte, após insira na máquina e movimente o macaco hidráulico, essa tarefa é tão leve, que pode ser feita com as pontas dos dedos e após isso a placa já sai cortada no formato do chinelo.

Pois o manuseio da máquina é muito simples, porque de um lado da máquina tem uma fresa, que é a responsável pelos furos. Do outro lado existe uma prensa para colocar as tiras, e o chinelo está pronto.

A referida máquina já vem com cinco facas de corte que vai do tamanho 33 ao 42, essa máquina faz em média 120 pares de chinelos por dia.

Agora vamos lá, se você considerar somente a matéria-prima, o custo de um chinelo sai em média por 3 reais, esse mesmo chinelo é vendido na média por 6 reais.

Porém, se o empreendedor der uma incrementada no chinelo, ou seja, faz uma combinação de cores, estampas coloridas, strass, tiras com bandeirinhas pérolas, o preço pode chegar entre 20 e 30 reais.

O casal explica que é possível vender 10 em um dia, 100 no outro, 200 no outro e depois 10 novamente, mas que embora há essa alternância nas vendas é possível tirar um ótimo lucro.

chinelos decoradosEsse é um mercado que está crescendo muito no dia a dia, pois são 200 milhões de pessoas que usam chinelos, pois com os altos preços dos calçados o chinelo, antes usado apenas em casa, se transformou numa excelente opção para passeios de pequeno porte, como: praia, shopping, cinema, clubes, eventos esportivos…

O casal conta que no início começou a oferecer os chinelos para familiares, vizinhos e mercados do bairro, devido a seu preço e qualidade, não foi difícil eles se darem bem.

A procura foi aumentando cada vez mais e atualmente eles vendem em média 1.500 pares por mês, o que proporciona ao casal um ganho de 10.000 reais de média todo mês.

Eles agora pensam em investir em máquinas automáticas, pois esta chega a fazer até mil pares por dia, e também em um computador e uma impressora, com a finalidade de criarem uma melhor personalização para os chinelos.

Você também pode aprender a como fazer chinelos decorados e se tornar mais um empresário de sucesso.

Não perca esta oportunidade!

17 jun

Principais dicas de como aprender inglês sozinho

Como aprender inglês sozinho é a pergunta de toda pessoa que está com uma situação financeira desfavorável, mas que mesmo assim compreende a importância de aprender inglês para subir na vida pessoal e profissional.

A grande questão é como fazer isso? Parece fácil se olharmos para internet hoje e percebermos que com uma simples busca conseguimos encontrar todas as informações que precisamos.

E é exatamente essa grande facilidade que impede com que pessoas, mesmo que inteligentes tenham dificuldade em aprender inglês sozinho, devido ao excesso de informações.

Enquanto alguns professores insistem em dizer que para aprender inglês sozinho é necessário ouvir filmes e músicas sem legenda, outros dizem que o correto é focar na gramática, na pronúncia ou em aumentar o vocabulário, fazendo com que você acabe ficando perdido, como um cego em tiroteio.

Por isso neste artigo eu pretendo te passar algumas dicas simples, mas eficientes de como aprender inglês sozinho, sem a necessidade de sair de casa e em um tempo rápido. Me siga 🙂

Dicas de como aprender inglês sozinho utilizando o poder da internet

Divida o aprendizado em partes

Alguns gurus dizem que aprender vocabulário é perda de tempo quando o assunto é estudar inglês. Eu já discordo em partes, acredito que tentar aprender diversas palavras e formar um vocabulário gigantesco é arriscado, mas existem algumas palavras que são essenciais e que você deve aprender, como:

Cores – Branco – White, Preto – Black, Vermelho – Red, Azul – Blue, Amarelo – Yellow, Verde – Green, Laranja – Orange, Roxo – Purple, Rosa – Pink, Cinza – Gray, Prata – Silver e Marrom – Brown.

Animais – Dog – Cachorro, Cat – Gato, Rabbit – Coelho, Tiger – Tigre, Bear – Urso, Horse – Cavalo, Elephant – Elefante, Mouse – Rato, Pig – Porco, Cow – Vaca, Alligator – Jacaré.

Dias da Semana – Domingo – Sunday, Segunda – Monday, Terça – Tuesday, Quarta – Wednesday, Quinta – Thursday, Sexta – Friday e Sábado – Saturday.

Além desses grupos, outros que eu considero importantes são: Meses do ano, Datas Comemorativas, Números, Pronomes, Adjetivos, etc. Além de decorá-los para não esquece-los jamais, é muito importante que você treine a pronúncia para falar eles da forma correta.

Comece montar pequenas frases com uso frequente

Após começar a montar o seu vocabulário, a minha recomendação é que você comece montar pequenas frases, de preferência frases que sejam bastante conhecidas, ou tenham que ser usadas com frequência no seu trabalho, estudos ou viajando para o exterior. Aqui vão algumas que você pode precisar quando for falar com um nativo:

  • Are you sure? Tem certeza?
  • Every now and then. De vem em quando.
  • How was your weekend? Como foi o seu fim de semana?
  • I have no idea. Eu não faço ideia.
  • I’m in a hurry. Estou com pressa.
  • I’m leaving. Estou de saída.
  • I’m on vacation. Estou de férias.
  • Maybe some other time. Fica para a próxima.
  • How much is it? Quanto Custa?
  • How much is the ticket? Quanto custa a passagem?
  • Where can I get a taxi? Onde eu posso pegar um taxi?
  • Do you accept credit cards? Vocês aceitam cartões de crédito?

Essas são as frases mais comuns que você irá precisar enquanto estiver viajando. Caso precise de um guia mais completo, ou simplesmente queira treinar mais frases, a minha sugestão é ler este artigo, nele você encontrará as 1000 frases mais comuns da língua inglesa. Aproveita!

Comece a ouvir conteúdos em inglês

Não importa se é um canal no Youtube, um podcast, um documentário, uma série ou músicas. O importante é que você escute conteúdos em língua inglesa. A dica aqui é ouvir conteúdos com apenas um sotaque em inglês, para que você não fique perdido e tenha um sotaque bem parecido com o dos nativos.

O vocabulário inicial e as frases que você aprendeu nos tópicos anteriores serão de grande ajuda nessa nova fase. O interessante aqui é você analisar como os nativos fazem a junção das palavras, e quais as palavras que eles reforçam e quais as que eles deixam com som no diminuto.

O ideal é que você escute esses conteúdos por pelo menos meia hora por dia, sendo recomendado treinar uma hora por dia. É importante que você não apenas escute a conversação, mas que também tente entender tudo que for falado.

Caso você tenha dificuldade com o que esteja sendo falado, uma boa dica é baixar um app no seu smartphone que diminui a velocidade da conversa, dessa forma você poderá estudar no seu ritmo. Só que isso é recomendado apenas no principio, caso contrário você nunca irá aprender inglês de verdade.

Treine o vocabulário e a pronúncia com aplicativos de inglês

Uma boa forma de aumentar o vocabulário e de quebra melhorar a pronúncia é baixar no seu celular alguns aplicativos que ensinam o inglês. O meu preferido é o Duolingo, mas é claro que existem muitas outras opções.

Algumas opções sem ser o Duolingo são: Aplicativo da escola de idiomas Babbel, Busuu, 50 línguas, Inglês com o Leo e o Speak English.

O ideal aqui é que você divida o tempo disponível que tem para aprender inglês de duas formas. Disponibilizando 50% do tempo para ouvir conteúdos em inglês e mais 50% para treinar o idioma nesses aplicativos de inglês.

Dicas extras

Pra esse artigo de dicas de como aprender inglês sozinho não ser muito maçante eu vou parando por aqui, caso queira mais dicas para aprender inglês, a minha grande dica é que você clique aqui e conheça o curso Inglês Online do Jerry Costa.

Além das dicas passadas durante o artigo eu tenho algumas dicas extras para você, que estão muito mais ligadas com a parte emocional do que com o aprendizado da língua inglesa. Aqui estão elas:

  1. Pratique todo dia
  2. Não desanime
  3. Encontre alguém que fale inglês e comece conversar com ele

Bom galera, vou ficando por aqui. Caso vocês queiram mais conteúdos como esse é só clicar aqui que você será levado para o último artigo que escrevemos aqui no blog.

Não se esqueçam de deixar comentários abaixo desse post com as suas próprias dicas de como aprender inglês sozinho, e também as suas sugestões e criticas para que possamos melhorar a cada dia. Até a próxima!

15 jun

Principais dicas de como acabar com o mau hálito

Você sofre com o mau hálito e quer saber como acabar com o mau hálito? Então você está no local correto, nesse artigo eu pretendo te passar algumas dicas de como se livrar desse problema, pra que nunca mais tenha que perder oportunidades na vida pessoal e profissional por causa desse problema.

A primeira coisa que você deve buscar entender para acabar com o mau hálito é identificar como ele ocorre. Resumindo, quais são as causas dele. Sabendo a causa você pode corrigir o problema da forma mais apropriada.

O mau hálito é causado em 90% dos casos por problemas envolvendo a própria saúde bucal, como saburra lingual, higiene bucal precária, cáries, cáseos amigdalianos, indo até causas não bucais, como a presença de doenças, principalmente no estômago.

Como eu não sou um especialista em saúde bucal, nesse artigo eu pretendo passar dicas de como acabar com esse problema, melhorando a sua saúde bucal e adotando novos hábitos saúda veis que podem agravar o mau hálito. Vamos as dicas.

Dicas de como acabar com o mau hálito

Mude a forma como trata a sua boca

O motivo mais comum do mau hálito é uma péssima saúde bucal, ou seja se você não escova seus dentes regularmente ao acordar, depois das refeições e ao dormir. Se não faz uso de um fio dental, ou enxaguante bucal e se não limpa a língua com frequência é óbvio que acabara tendo mau hálito. Por isso siga este checklist:

  • Escove os dentes ao acordar, após as refeições e ao dormir.
  • Escove os dentes por pelo menos 5 minutos com movimentos curtos e suaves.
  • Use o fio dental sempre que ingerir um alimento, assim evita o acúmulo de bactérias e resíduos que podem se acumular e causar um cheiro ruim na sua boca.
  • Escove também as gengivas e a língua.
  • Escove a língua de trás para frente.
  • Use um enxaguante bucal.

Adote novos hábitos

A primeira parte do plano já está concluída. Agora que você já está tratando a sua boca da maneira adequada é hora de adicionar novos hábitos ao seu dia a dia para potencializar o desaparecimento do mau hálito.

Como você sabe, quando a boca está seca o mau hálito se torna pior. Por isso é importante que você sempre mantenha a boca úmida, além de consumir água diversas vezes por dia, também é interessante mascar um chiclete para criar saliva e manter sua boca molhada.

Um outra coisa que não combina com um hálito fresco é fumar e utilizar outros produtos a base de tabaco. Por isso você tem que escolher uma prioridade para a sua vida. Ter um bom hálito ou fumar.

Prestando atenção no que você come

O que nós ingerimos tem um poder imenso se teremos ou não um bom hálito. O ideal é que você retire da sua dieta alimentos que potencializam o mau hálito e inclua alimentos que afastam o mau hálito.

  1. Para de comer esses alimentos e líquidos: cebola, alho, alho-poró e cebolinha, café, bebidas alcoólicas.
  2. Consuma alimentos ricos em carboidratos: maça, banana, frutas ricas em vitamina C.

Finalizando

Como eu disse no inicio do artigo eu não sou um especialista em mau hálito, mas essas 3 dicas que eu passei me ajudaram a combater o mau hálito. Eu sugiro duas coisas pra você, primeiro clique aqui e conheça o Paulo Ferreira, que criou um guia super bacana pra quem sofre com o mau hálito.

Eu mesmo já baixei o guia e estou aplicando. Caso as dicas de como acabar com o mau hálito dele não dê resultado para você a minha sugestão é que você procure um dentista para que ele lhe dê um direcionamento melhor de como tratar o seu mau hálito. Boa sorte e nos vemos no próximo artigo.

15 jun

Principais dicas de um tratamento natural para queda de cabelo

Sofrer com a queda de cabelo é algo que ninguém quer. Mas é algo que uma hora ou outra acaba acontecendo. Principalmente para o homem.

As causas da calvície são muitas e variadas, que podem ocorrer devido a problemas hereditários, dietas rígidas, falta de proteínas e ferro no corpo, uso de químicos no cabelo, água quente, e diversos outros.

Inclusive causado por questões hormonais, como a presença de altos índices do DHT no corpo, que é um hormônio bizarro responsável pela queda de cabelo.

Mas não se preocupe, nesse artigo pretendo passar algumas dicas passo a passo de como ter o seu cabelo de volta, ou pelo menos evitar que ele caia mais.

Descubra o motivo pelo o qual seus cabelos caem

Você não pode dar tratamento a algo que você não sabe qual é a causa. Por isso antes de querer correr atrás de algum tratamento natural para queda de cabelo é importante saber a causa da sua calvície.

Além dos que eu citei acima as possíveis causas para a queda de cabelo podem estar em quatro grandes grupos: causas hormonais, causas médicas, causas medicamentais e stress.

Entre as causas hormonais podemos pegar como exemplo o DHT, nas causas médicas pode ser algum problema na tireoide, infecções e também alopecia. Enquanto que nas causas que envolvem medicamento pode ser algum medicamento para tratar o câncer, depressão, problemas do coração ou artrite.

Mude a forma como trata seu cabelo

Algo que você pode fazer inicialmente para reduzir a queda de cabelo é parar de usar produtos nocivos no seu cabelo, Isto significa que você deve adotar produtos suaves.

O ideal é que esses produtos não contenham qualquer tipo de sulfato, álcool, silicone, e ao invés disso procure produtos que tenham em sua fórmula ingredientes naturais. Aqui vão outras dicas relacionadas com cuidados ao cabelo.

  • Troque a escova por um pente de dentes largos.
  • Pare de utilizar secador, o calor deixa os frios mais fracos.
  • Para as mulheres, evitem técnicas que enrolam o cabelo como a chapinha.
  • Não force seu cabelo com penteados mirabolantes.
  • Massageie seu cabelo com um óleo de coco ou amêndoas.

Mude seus hábitos

Se o seu cabelo não cai por algum efeito hormonal, médico ou devido a ingestão de algum medicamento, ou pelo tratamento incorreto dos seus fios, provavelmente a chave para a questão pode estar no seu estilo de vida.

Uma das medidas que você pode tomar é tentar evitar o stress, que é uma das causas para a queda de cabelo, dormir mais, praticar atividades ao ar livre, meditar e evitar confrontos dentro de casa e no trabalho ajudam.

Coma mais proteína, ferro e ômega 3. A dieta é um dos pontos principais para que você evite a queda de cabelo. Por isso é interessante comer alimentos ricos em proteína como carnes, feijão, grão de bico e lentilhas.

Na parte de Ômega 3, comer todos os tipos de peixes possíveis, dando ênfase ao Salmão, Sardinhas, Nozes e Abacates. E também alimentos ricos em ferro como fígado, beterraba, espinafre e cevada.

Pronto, você já sabe a base que precisa seguir para começar a ter seus fios de volta na cabeça, como provavelmente você deve estar com várias dúvidas relacionadas a esse tema eu vou te dar uma dica extra. Conheça esse tratamento natural e caseiro para a queda de cabelo.

 

 

14 jun

Cuidado Com o Golpe da Monografia

Em busca do tão sonhado canudo do 3° grau, muitos alunos recorrem a várias formas, em um momento que eles consideram de maior dificuldade, que é a monografia ou TCC.

Essa prática tem se tornado muito comum entre alunos universitários, mas o que poucos sabem é que algumas práticas, como por exemplo, contratar pessoas ou empresas para fazer o seu trabalho, tem os seus efeitos negativos, o qual vamos ressaltar nesse post.

Vejam só o que aconteceu com um aluno de uma faculdade de MG.

Na ânsia de fazer o seu trabalho, o referido aluno contratou uma empresa para que fizesse o seu TCC.

golpe da monografia

A empresa cobrou 2.500 reais para a realização desse serviço, mas exigiu o adiantamento de 625 reais o equivalente a ¼ de todo o valor do serviço, para que desse o início ao trabalho, até aí tudo bem.

Foi acordado que a cada 30 dias seria enviado para o aluno prévias do trabalho, para que já fosse dando direcionamentos para a sua pesquisa.

A referida empresa não disponibiliza em seu site telefone de contato, sendo assim, todo o contato é feito através de e-mail.

Próximo a completar os 30 dias, o aluno tentava entrar em contato com a empresa através de e-mails, os quais simplesmente não eram respondidos.

Ao comentar o fato com seus colegas de faculdade, para sua surpresa, uma amiga lhe contou que essa empresa está cheia de denúncias no Reclame Aqui, as maiores reclamações são: entrega fora do prazo e plágio.

Ao ver se aproximar da data de entrega e sem que a empresa tivesse cumprido o combinado, o aluno se viu em apuros, e acabou por acontecer o que ele menos esperava.

Ele não conseguiu entregar o trabalho, e o pior vai ter que fazer mais um semestre para concluir sua faculdade.

Conclusão, o aluno foi vítima de mais um golpe aplicado pela referida empresa, e não conseguiu se formar junto com seus amigos.

Mas quem sabe não poderia ainda ter sido pior, pois se tivesse pago pelo valor total do trabalho e vamos supor que a empresa estivesse plagiado o seu trabalho, ele poderia responder judicialmente por estar fazendo uso de um trabalho copiado.

Além do prejuízo financeiro, ele levará mais tempo para conseguir seu diploma. Mas ele aprendeu a lição! Começou a fazer o TCC, seguindo a orientação de um amigo que tirou nota máxima.

Ele acessou o site indicado pelo amigo, e aprendeu a como fazer o TCC passo a passo, pois ele conseguiu todas as informações que precisava para fazer o seu trabalho.

Após a realização do seu TCC seguindo todos os detalhes ensinado nesse site, além de ter conseguido fazer um excelente trabalho com nota 9,5, e conseguir o seu sonhado Diploma, ele hoje em dia orienta seus colegas a fazerem o mesmo que ele fez.

11 jun

Principais erros cometidos ao se estudar para um concurso

Estudar para um concurso público e passar não é para qualquer um. Por ser um cargo com uma ótima remuneração, diversos benefícios e por se ter estabilidade, ele acaba sendo bastante concorrido, com muitas inscrições e poucas vagas.

Por isso caso você não queira decepcionar a sua família, e ficar o resto da sua vida em um emprego no setor privado, aguentando esporro do seu chefe, leia esse artigo e veja os erros brutais cometidos por concurseiros e que você deve evitar a todo custo.

Erros que a maioria dos concurseiros cometem e que você não deve cometer

Não ter uma estratégia bem definida

Esse é o erro mais grave que os concurseiros cometem, muitos acabam perdendo o foco, e acabam estudando diversos tipos de materiais, como apostilas impressas, ebooks, vídeos aulas. E também tentando estudar diversas matérias ao mesmo tempo.

O ideal aqui é que você monte uma estratégia correta, sabendo com quais materiais irá trabalhar, a recomendação é que sejam poucos materiais, que sejam específicos e que sejam de qualidade.

Outra coisa que é importante saber são as técnicas de estudos que você utilizará, podendo escolher entre mapas mentais, auto apresentação, post it, etc. E também sabendo as matérias que irá focar, pois se tentar estudar diversas matérias de uma vez, acabará não estudando nenhuma.

Estudar demais

Já ouviu aquele ditado de vó que diz que tudo demais é demasia? Pois é, o conselho da sua vó também vale para quando você estiver estudando para um concurso.

Você não deve fazer longas maratonas de estudos, que se estendem por várias horas. O ideal é que você estude focado de 2 a 3 horas por dia. Só que intercalando as horas. Por exemplo estudando 30 minutos e descansando uma hora.

Outra coisa que você deve se atentar é que seu corpo não é uma máquina, essa história de que dormir é para os fracos é idiotice.

Seu corpo precisa estar bem para que você consiga estudar de maneira efetiva. O ideal aqui é que você durma pelo menos 6 horas bem dormidas por dia, que tenha uma alimentação leve e ao mesmo tempo com bastante energia, e que pratique exercícios para aumentar a sua capacidade motora.

Não estudar o edital

O edital consta todas as informações a respeito da prova que você irá fazer, nele você poderá ver todas as disciplinas que irá encontrar na hora da prova.

Por isso é importante que você preste bastante atenção ao edital, principalmente se o concurso será realizado em um prazo curto de tempo. Dessa forma você pode se dar ao luxo de estudar apenas os conteúdos listados no edital.

Outra coisa importante que está listado no edital são informações referentes ao local, e a data da prova. E bem como todas as funções que terá que desempenhar na repartição pública que você irá trabalhar como concursado.

Estudar para concurso é algo fácil, basta apenas que você tenha dedicação e se esforce bastante. Para mais dicas de como se sair bem em uma prova de concurso público conheça esse site http://comoestudarparaconcurso.net.

Deixar pra estudar em cima da hora

Um erro que muitos concurseiros cometem é o de começar a estudar para um concurso assim que o edital é lançado. É claro que se o concurso que você for disputar tiver uma base de conteúdo que você já estiver estudando é algo que ainda pode ser levado em consideração.

Mas caso contrário você nunca deve começar a estudar pra um concurso que irá cair em no máximo 3 meses, uma boa preparação para concurso deve ter de seis meses a um ano para que você tenha chances reais de ser aprovado. Lembre-se que existem diversos concurseiros que estão há anos estudando, e que já conhecem o conteúdo melhor que você.

Outras dicas importantes

  • Não tente estudar para diversos concursos ao mesmo tempo.
  • Não use materiais ruins, principalmente apostilas desatualizadas que você baixa na internet.
  • Não estude muito de uma matéria e pouco de outro, o interessante aqui é que você intercale as matérias, reservando um tempo parecido para cada uma.
  • Faça testes, essa é a técnica de estudos mais eficiente que existe. Ou seja, depois de treinar bastante uma matéria é importante que você treine responde simulados e provas de anos anteriores.
  • Estude a banca examinadora, pois geralmente as bancas tem uma linha de perguntas parecidas com provas anteriores, dessa maneira você terá uma noção do que pode cair na prova.

 

11 jun

Principais Causas da Queda de Cabelo

A perda de cabelo é normalmente associada ao envelhecimento, mas esta situação tem muitas causas e pode afetar praticamente qualquer pessoa.

Além da hereditariedade, a perda de cabelo perceptível pode ser causada por uma grande variedade de fatores, incluindo:

principais causas da queda de cabeloPenteados pesados ou tratamentos: penteados que constantemente utilizam bandas de borracha, rolos ou presilhas ou puxar o cabelo em estilos apertados, como tranças, pode inflamar e folículos pilosos cicatriz.

Outro fator, é a forma incorreta de utilização de produtos químicos, tais como corantes, alvejantes, alisadores ou soluções permanentes da onda. Dependendo do grau de dano, o resultado dessa perda de cabelo, pode ser permanente.


Desequilíbrios hormonais :
Nas mulheres, mudanças hormonais de pílulas anticoncepcionais, gravidez, parto, menopausa ou a histerectomia pode induzir mais folículos pilosos do que o normal para entrar na fase de dormência.

Doença ou cirurgia : O estresse de uma doença ou cirurgia pode levar o organismo a cessar temporariamente as tarefas não essenciais tais como a produção de cabelo. Condições específicas também podem influenciar, incluindo distúrbios da tireoide, sífilis, deficiência de ferro, lupus ou infecção grave.

Medicamentos e vitaminas : A quimioterapia do cancro, que ataca os folículos pilosos em sua tentativa de matar todas as células de crescimento rápido em todo o corpo, é uma razão conhecida para a perda de cabelo.

Outros efeitos colaterais são causados por medicamentos que ajudam na queda de cabelos, tais como alguns que tratar a hipertensão arterial e gota (uma condição junção dolorosa causada por um acúmulo de ácido úrico). Os níveis excessivos de vitamina A também contribuem.

Déficits nutricionais : dieta pesada ou transtornos alimentares como bulimia e anorexia pode atordoar temporariamente folículos pilosos para cessar o crescimento. Isso também pode ocorrer a partir de insuficiência de proteínas, vitaminas ou ingestão mineral.

Envelhecimento : Um efeito natural do envelhecimento é retardado o crescimento do cabelo.

queda-de-cabeloAs mulheres geralmente não ficam completamente careca, mas há uma perda de cabelo no topo da cabeça.

Já os homens tendem a perder cabelo mais rigorosamente, e são mais propensos do que as mulheres para ficarem completamente careca.

No entanto, já existe um tratamento muito eficiente que combate a reversão da queda de cabelo, e tudo isso de forma natural.

Conheça o site curaparacalvicie.com e saiba mais!

6 jun

O Impacto do Marketing Digital na sua Loja Física

redes-sociais

O marketing de guerrilha trata-se de uma técnica em que as empresas, como anunciantes, promovem ações que muitas vezes custam pouco e geram muito impacto.

Essencialmente essas ações devem ser realizadas em locais públicos e causam reações emocionais no público, assim como interação.

Isso é fundamental para criar a memória de marca na mente dos indivíduos.

A grande jogada das peças de marketing de guerrilha e não parecer uma propaganda e sim intrigar a compreensão dos que a veem.

Tudo isso foi conceitualizado na década de 70 devido à diminuição da eficácia das propagandas convencionais, porém, a primeira ação de guerrilha de que se tem notícia ocorreu em 1929.

Edward Bernays sobrinho de FreudNa ocasião Edward Bernays, famoso relações públicas e sobrinho de Freud, espalhou a notícia de que feministas acenderam a tocha da Liberdade em um protesto em Nova York.

Toda a imprensa foi ao suposto local do ato e chegando lá se depararam com várias modelos contratadas que ascenderam cigarros Lucky Strike.

O grande baque disso foi motivado pela proibição de mulheres fumarem em público na época.

Ferramentas

As ferramentas utilizadas para a realização do marketing de guerrilha consistem em estratégias para a realização do marketing na rua, com o objetivo principal de fazer com que a marca seja conhecida através de eventos, que chame atenção da mídia, e da população em geral.

E ainda ganha espaço nos noticiários e revistas especializadas, ou seja, dar a empresa uma enorme projeção, e que tem como objetivo a principal função do marketing que é estar na mente dos consumidores.

O que impressiona no Marketing de guerrilha é a capacidade da empresa em explorar novas técnicas criando algo novo e objetivo e que tenha a capacidade de alcançar um grande número de pessoas através da divulgação posterior da ação.

Marketing de guerrilha tem como parceria o jornalismo que divulga as ações de marketing como originais e criativas.

A função então do marketing de guerrilha é gerar comentário, elogios e surpresa.

Outro aliado é a Internet, pois o marketing de guerrilha é largamente divulgado nas redes sociais e ainda com possibilidade de campanhas realizadas pelo YouTube, Facebook e outros.